Que o sol é prejudicial à pele e que ao longo dos anos ele pode causar câncer de pele, a maioria das pessoas já sabe. Usar filtro solar é essencial para evitar manchas, envelhecimento precoce da pele e um problema de pele comum chamado melanose solar.
Denise Steiner, presidente da Sociedade Brasileira de Dermatologia, explica o que é melanose solar e como tratar.

O que é

Melanose solar, também conhecida como mancha senil, é um problema que resulta em manchas na pele provocadas pelo dano causado pelo sol ao longo dos anos. “Como o resultado da ação do sol só vai aparecer com o passar do tempo, as melanoses solares são mais comuns em pessoas de idade”, explica a especialista.

Sintomas

O dano solar acumulado induz a produção de melanócitos, célula que produz o pigmento que dá cor à pele. Isso resulta em aumento da produção de melanina e, por consequência, o escurecendo a pele.

Tratamento

De acordo com a especialista, o tratamento pode ser feito de várias maneiras, como a cauterização química, a criocirurgia, a dermoabrasão, os peelings químicos e o uso da luz intensa pulsada. Ainda de acordo com presidente, os resultados costumam ser bons, desde que a técnica seja empregada de forma adequada.

Como evitar

Para evitara melanose solar é indispensável o uso de proteção solar nas áreas continuamente expostas ao sol, tanto em idas à praia ou piscina quanto a exposição diária aos raios UVA e UVB.